Sobre

Missão: Somos uma rede de instrutores de mindfulness que tem por missão semear a prática, a aprendizagem e o conhecimento de mindfulness para o bem-estar e a paz.

Visão: Mindfulness presente na sociedade de forma simples, inclusiva e natural.

Valores: Colaboração, Horizontalidade, Compaixão, Diversidade e Simplicidade.

Diretrizes de Boas Práticas para Instrutores de Mindfulness: A conclusão de um curso de formação constitui apenas o passo inicial na formação de um instrutor de mindfulness. Uma vez membro da Rede AbraMind, o instrutor deverá assumir um compromisso com seu próprio desenvolvimento por meio de estudo, prática, ensino e compartilhamento de experiências, comprometendo-se com todas as recomendações contidas nas Diretrizes de Boas Práticas de Ensino de Mindfulness, descritas a seguir:

 

  1. Manter uma prática pessoal de Mindfulness, por meio de prática regular diária, formal e informal.
  1. Participar anualmente em ao menos um retiro de meditação Mindfulness ou Vipassana. O retiro deve ser residencial, com duração de 5 a 10 dias, feito em silêncio, com a orientação de um professor, conforme as diretrizes da UMASS (Escola Médica da Universidade de Massachusetts).
  1. Engajar-se em processos de compartilhamento de experiências entre praticantes e instrutores de Mindfulness, aprendendo colaborativamente.
  1. Obter supervisão regular com um instrutor ou professor de Mindfulness mais experiente, recebendo feedback sobre sua prática pessoal e profissional, seja por meio de encontros pessoais ou a distância, seja por meio de participação do supervisor nos encontros conduzidos pelo instrutor, seja por meio de cofacilitação com feedback recíproco.
  1. Participar de processos de formação profissional contínua, por meio de autoavaliação, participação em cursos e treinamentos avançados e em eventos e fóruns de atualização científica.
  1. Utilizar os conhecimentos e técnicas recebidos em sua formação como instrutor de Mindfulness para o autoaperfeiçoamento e para ajudar todas as outras pessoas a alcançar as mais altas intenções delas mesmas, sem preconceitos, preferências, julgamentos ou parcialidade.
  1. Utilizar os conhecimentos e técnicas recebidos em sua formação como instrutor de Mindfulness apenas quando estiver de acordo com seu nível pessoal de perícia e suas credenciais profissionais e/ou educacionais, compreendendo que a formação como instrutor de Mindfulness não substitui a educação formal das ciências comportamentais ou a competência de outras formações profissionais.